História

Compartilhe

Elevação da Igreja a dignidade de Basílica Menor

A mais nobre distinção ficou reservada a Canindé para o ano jubilar do sétimo centenário da morte de São Francisco, quando a Santa Sé contemplou o Santuário com a dignidade de Basílica Menor, equiparando-o às célebres igrejas de Roma como São Pedro ad vincula, Santa Cruz de Jerusalém, Santa Maria de Trastevere etc.

Nas letras apostólicas “Ex amplissimis” que o Papa sua Santidade realça a extraordinária veneração que o clero e o povo tanto cearense como nordestino e nortista em geral devotam ao Santo de Assis, cuja imagem milagrosa em Canindé atrai as romarias ininterruptamente, máxime porém de setembro até novembro de cada ano. Sujeito à jurisdição do Arcebispo de Fortaleza e por este confiado à esforçada administração dos Franciscanos, vem a ser o Santuário de São Francisco uma fonte de bênçãos para todo o povo católico. O documento pontifício salienta, em particular, os orfanatos e a escola apostólica de Canindé, mantidos então junto com o Santuário pela generosidade dos romeiros, pelo que atendendo ao ardente desejo do Arcebispo de Fortaleza, clero e dos fiéis, resolve o Sumo Pontífice elevar o célebre templo à dignidade de Basílica Menor e conferir-lhe todas as prerrogativas das Basílicas Menores de Roma. Assinadas pelo Cardeal – Secretário Gasparri, trazem as letras apostólicas à data de 30 de novembro de 1925.

Fonte: WILLEKE, Frei Venâncio, OFM. Livro São Francisco das Chagas de Canindé.



© 2011-2017 - Santuário de São Francisco das Chagas
Praça da Basílica, 31, Centro - Canindé-CE - CEP 62700-000
Fones: (85) 3343-9950 / 3343-0017 - Caixa Postal: D2
Cactal