Notícias Destaques

05 de junho: São Francisco e o meio ambiente (Missa Ecológica em Canindé)

Compartilhe

Embora tenha vivido 800 anos atrás, São Francisco de Assis mostrou uma atitude extremamente contemporânea: o respeito e a veneração para com a natureza. Ele não via a natureza como algo fora de nós, mas como algo que fazia parte da relação entre o homem e a criação de Deus, contemplada pela natureza.

O Papa João Paulo II, no ano de 1979, declarou São Francisco padroeiro, junto a Deus, daqueles que se empenham pela ecologia.

Nesse dia 05 de Junho quando comemoramos o Dia Mundial do Meio Ambiente o Santuário e Paróquia de São Francisco das Chagas celebrará Santa Missa em ação de graças a Ecologia, às 17h, na Quadra da Gruta de Nossa Senhora, atrás da Basílica.

Na ocasião o celebrante, Frei João Sannig, Ofm, fará o lançamento de um folder sobre o Zoológico de Canindé, que será distribuido. Venha experimentar a mensagem franciscana, à luz do Evangelho, sobre a ecologia!

Saiba mais…

São Francisco e os animais 

Capa do Folder do Zoológico do Santuário de São Francisco das Chagas de Canindé

Num certo dia, São Francisco queria ser amigo dos animais. Mas, quando se aproximava, estes fugiam com medo. Então o Santo percebia que algo estava errado no relacionamento entre homens e animais. Os homens perseguiam os animais, os caçavam, os matavam e por isso os animais, já instintivamente, fugiam e se escondiam. Durante dois anos, São Francisco falava mansamente aos animais, até que estes perceberam que ele era um homem diferente: seu grande amor a Deus-Criador deixava crescer nele o respeito e o amor por todas as criaturas. Conta-nos o cronista São Boaventura na legenda maior, no capítulo 8º: “Viajando certa vez pelos arredores de Sena, encontrou nos campos grandes rebanhos de ovelhas. Mal as saudou, afavelmente, e todas pararam de pastar e correram para ele, levantando a cabeça e fixando-o com os olhos. Fez-lhes tanta festa, que os pastores e os irmãos ficaram maravilhados de vê-las contentes, desde os cordeiros até aos carneiros; em outra ocasião, ofereceram ao homem de Deus uma lebrezinha viva, que, posta no chão e livre para fugir para onde queria, correu para o regaço do bondoso Pai quando este a chamou. Francisco acariciou com ternura e afeto, demonstrando-lhe um amor quase materno.”

Ações que ajudam o nosso planeta:

– Plantar árvores;

– Evitar o desperdício de água;

– Diminuir o uso de detergentes;

– Substituir as toalhas de papel pelas de pano;

– Economizar energia elétrica;

– Substituir lâmpadas incandescentes por fluorescentes;

– Economizar gás;

– Limitar o uso de veículos;

– Limitar o uso de plásticos (reaproveitar embalagens);

– Limitar o uso de aparelhos com pilhas;

– Não jogas lino nas ruas, praias e rios;

– Separar adequadamente o livo que pode ser reciclável como alumínio, vidro, papel, etc;

– Usar copo de vidro no trabalho, limitando o uso de copos descartáveis;

– Reaproveitar papel como rascunho;

– Economizar materiais não recicláveis.

 

Fonte: Equipe de Comunicação do Site Santuário.

+ notícias Destaque do Santuário! 

Seja o primeiro a comentar »

Seja o primeiro a comentar »


Deixe seu Comentário

Nome (necessário)

E-mail (não será publicado) (necessário)

Website

WP-SpamFree by Pole Position Marketing


© 2011-2017 - Santuário de São Francisco das Chagas
Praça da Basílica, 31, Centro - Canindé-CE - CEP 62700-000
Fones: (85) 3343-9950 / 3343-0017 - Caixa Postal: D2
Cactal